22 de mar de 2010

Silêncio ao meu eu

Estranho como algumas coisas são distorcidas e vivemos anos acreditando que elas eram como diziam que eram, e hoje eu percebo que elas nunca foram e nunca serão o que querem que sejão.

Queria expor tantas coisas, se soubesse por meio de palavras estas já estariam expostas!!!

Um comentário:

Tamara disse...

No fundo a gente sabe, mas não sabe se realmente sabe.

=*